Feira do Livro, na praça 2 de Maio, antigo Mercado até dia 1 de Julho. Exposiores abertos durante a semana das 14h ás 23h e aos fins de semana das 16h ás 24h.

 

 

Passagem de modelos, santos populares e animação de rua são alguns dos 'ingredientes' das "Noites Brancas" que pretendem revitalizar o centro histórico da cidade. A iniciativa parte da Associação de Comerciantes do Distrito de Viseu (ACDV) em colaboração com a Câmara Municipal. Durante sete sextas-feiras, as ruas da urbe enchem-se de festa para revitalizar o comércio tradicional. A acção conta com a participação de 300 lojistas que formam aquele que será o maior centro comercial da região. As portas dos estabelecimentos vão ficar abertas até às 23 horas, com o intuito de chamar clientes e dar nova vida à parte mais antiga da cidade.



No próximo dia 22 será a vez de os Santos Populares descerem à rua, seguindo-se, na última sexta-feira do mês, as Festas de S. Pedro, que contarão com o apoio do Centro Cultural de Viseu.

Em Julho, os destaques vão para a Festa da Sardinha Assada (no Mercado 2 de Maio), da Cerveja (na Praça D. Duarte) e dos Saldos (na Rua Formosa), terminando o programa com a realização de uma Passagem de Modelos, que terá lugar na Rua do Comércio.

 

in PortalViseu

 

Viseu é uma das melhores cidades para se viver
Um estudo da Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (DECO) indica Viseu como um das melhores cidades para viver, a par de Castelo Branco, Aveiro, Bragança, Viana do Castelo e Braga. Setúbal, Lisboa e Porto são as piores.

Trabalho semelhante foi realizado em Espanha, Bélgica e Itália, por organizações similares à DECO, tendo sido recolhidos dados de 76 cidades. Nesse conjunto mais vasto, Viseu é a primeira urbe portuguesa a aparecer, colocada no décimo-sétimo (17º) lugar do 'ranking'. A pior classificada é Setúbal, que ocupa a septuagésima-quarta (74º) posição, antes de Nápoles e Palermo, em Itália.

in Diário Regional

tags:
publicado por Bunny às 10:18