Um dos problemas que mais aflige o Sudão, nomedamente o Darfur, é a violação de crianças e mulheres. Uma situação que piora com a guerra, mas também com a legislação actual.

A organização Refugees International alerta para a a necessidade de se mudar a lei, para que haja uma maior protecção das vítimas de abuso sexual. Afinal, há que acabar com a guerra, mas também convém que haja legislação que proteja os direitos humanos.

A organização lançou um relatório onde aborda esta problemática, intitulado Laws Without Justice: An Assessment od Sudanese Laws Affecting Survivors of Rape. Pode consultá-lo em http://www.refugeesinternational.org/content/publication/detail/10070.

 

VER Plataforma por África

sinto-me: a fazer qlq coisa
publicado por Bunny às 11:29